Entre a educação física na escola e a educação física da escola

R$52,00

ou em até 3x de R$17,33 sem juros.

O livro de Caparroz é um marco, no plano da educação física, da inflexão que também está presente no plano da discussão pedagógica brasileira: apresenta os limites das análises sociológicas e históricas que derivam os movimentos no interior da escola da dinâmica macrossocial e indica a necessidade de mergulhar no cotidiano das escolas, recuperando a importância dos fazeres dos sujeitos concretos não só para o entendimento do que efetivamente vem acontecendo na educação física e educação brasileiras, mas também para neles ancorar as possibilidades de transformação.Valter BrachtProfessor titular da Universidade Federal do Espírito Santo(trecho extraído do Posfácio)

0 em estoque

REF: 978-85-7496-157-6 Categoria:

Descrição

Capa: Baseada em Schema delle proporzioni del corpo umano (1490) e Studio della fisionomia umana e Cavalieri, de Leonardo da Vinci, e em O pensador (1880-1881), de Auguste Rodin. Fotos: “Criança no pneu”: www.appai.org.br; “Cambalhota”: www.academicadaamadora.pt; “Bambolê”: www.siemens.com.brcidadaniaempresarial.asp?canal=374&parent=367&grupo=2; “Corrida”: www.esec-mtorga-massama.rcts.pt/Jornal/ed29/j2909.htmUma das grandes contribuições do livro de Caparroz situa-se na demonstração de que os discursos elaborados nos anos de 1980 não tiveram uma maior preocupação com o “chão da escola”, com seus movimentos internos, com os sujeitos concretos (professores e alunos) que davam vida à educação física — falavam de uma educação física que era gestada pela dinâmica macrossocial (capitalista) e se efetivava na escola. As vozes e ações que emanavam da educação física da escola não encontravam ressonância e não despertavam a atenção daqueles discursos. (…)O livro de Caparroz é um marco, no plano da educação física, da inflexão que também está presente no plano da discussão pedagógica brasileira: apresenta os limites das análises sociológicas e históricas que derivam os movimentos no interior da escola da dinâmica macrossocial e indica a necessidade de mergulhar no cotidiano das escolas, recuperando a importância dos fazeres dos sujeitos concretos não só para o entendimento do que efetivamente vem acontecendo na educação física e educação brasileiras, mas também para neles ancorar as possibilidades de transformação.Valter BrachtProfessor titular da Universidade Federal do Espírito Santo(trecho extraído do Posfácio)

Informação adicional

Peso 0.22 kg
parcelas

sinopse

indice

Informações do Autor

Autor

Nº de Páginas

Nº da Edição

Dimensões

Ficha Técnica

isbn

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Entre a educação física na escola e a educação física da escola”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *