Uma pós-modernidade de libertação: reconstruindo as esperanças

R$29,00

Procura-se mostrar como as teses pós-modernas naturalizam as incertezas. Alerta-se para o risco positivista e pragmatista dessas idéias e são examinados aspectos da “teoria do caos”. Finalmente, o autor reinterpreta, com ajuda de Z. Bauman, o cenário da sociedade atual em contraposição à visão pós-moderna e convida a que passemos da presciência do caos à construção de uma pós-modernidade comprometida com a libertação, pela crítica da modernidade tecnológica (capitalismo) e pelo resgate da modernidade da libertação.

90 em estoque

Descrição

Partindo das idéias de I. Wallerstein que interpretam um fato marcante do século XX e que continua impedindo-nos de pensar – a queda do socialismo real –, o autor tenta mostrar as origens das incertezas de hoje. Introduz ainda uma análise de G. Arrighi sobre os ciclos sistêmicos de acumulação de capital e suas crises de hegemonia, a qual nos permite entender a configuração do capitalismo atual, do qual o pós-modernismo é uma expressão. Procura-se mostrar como as teses pós-modernas naturalizam as incertezas. Alerta-se para o risco positivista e pragmatista dessas idéias e são examinados aspectos da “teoria do caos”. Finalmente, o autor reinterpreta, com ajuda de Z. Bauman, o cenário da sociedade atual em contraposição à visão pós-moderna e convida a que passemos da presciência do caos à construção de uma pós-modernidade comprometida com a libertação, pela crítica da modernidade tecnológica (capitalismo) e pelo resgate da modernidade da libertação.

Informação adicional

Peso 0.1 kg
parcelas

sinopse

indice

Informações do Autor

Autor

Nº de Páginas

Nº da Edição

Dimensões

Ficha Técnica

isbn

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.