Teoria da personalidade na sociedade de massa: a contribuição de Gramsci

R$46,00

ou em até 3x de R$15,33 sem juros.

O tema central do livro é o caráter essencial que assume, na reflexão gramsciana, a questão da formação de um novo tipo humano, característico da sociedade de massa, exigido pela sociedade industrial avançada.

475 em estoque

REF: 85-7496-111-6

Descrição

O tema central do livro é o caráter essencial que assume, na reflexão gramsciana, a questão da formação de um novo tipo humano, característico da sociedade de massa, exigido pela sociedade industrial avançada. Gramsci descreve e interpreta a antropologia do homem-massa e, ao mesmo tempo, se pergunta se é possível, e como, em tais condições, o desenvolvimento de personalidades criativas e críticas não desvinculadas de tal contexto. Para caracterizar esse novo homem, Gramsci lança mão da figura de Leonardo Da Vinci, erigida em metáfora paradigmática “de um projeto para o futuro que mantém os pés no presente”. O Homem moderno é, nessa metáfora, entendido “como uma síntese leonardesca do engenheiro americano, do filosofo alemão e do político francês, ou seja, uma síntese reinterpretadora da técnica avançada, do jacobismo revolucionário e do marxismo”. Nas palavras do próprio Gramsci, proferidas em uma carta dirigida à sua esposa, o novo homem deverá seo “o tipo moderno de Leonardo Da Vinci transformado em homem-massa ou homem-coletivo mantendo, todavia, a sua forte personalidade e originalidade individual”. Eis ao o núcleo de uma teoria da personalidade que emerge das notas dos cadernos do cárcere compulsadas por Ragazzini.

Informação adicional

Peso 0.24 kg
parcelas

sinopse

indice

Informações do Autor

Autor

Nº de Páginas

Nº da Edição

Ficha Técnica

isbn

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Teoria da personalidade na sociedade de massa: a contribuição de Gramsci”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *