Os conteúdos escolares e a ressurreição dos mortos: contribuição à teoria histórico-crítica do currículo

R$49,00

ou em até 3x de R$16,33 sem juros.

SINOPSE
Antonio Gramsci escreveu que “está sempre presente no morto um grande vivo”. Frequentemente os conteúdos escolares são acusados de serem coisas mortas sem qualquer sentido para a vida concreta dos alunos. Este livro, na linha da pedagogia histórico-crítica, defende que os clássicos das ciências, das artes e da filosofia são sínteses ricas de atividade humana condensada, em estado de repouso, que deve ser trazida novamente à vida pelo trabalho educativo. Dessa forma, o ensino escolar ressuscita os mortos que, trazidos à vida, apoderam-se da atividade de alunos e professores, incorporam-se à sua vida, ao seu pensamento e aos seus sentimentos, transformando-se, conforme denominou Marx, em “órgãos da individualidade”.

184 em estoque

Descrição

Antonio Gramsci escreveu que “está sempre presente no morto um grande vivo”. Frequentemente os conteúdos escolares são acusados de serem coisas mortas sem qualquer sentido para a vida concreta dos alunos.

Este livro, na linha da pedagogia histórico-crítica, defende que os clássicos das ciências, das artes e da filosofia são sínteses ricas de atividade humana condensada, em estado de repouso, que deve ser trazida novamente à vida pelo trabalho educativo. Dessa forma, o ensino escolar ressuscita os mortos que, trazidos à vida, apoderam-se da atividade de alunos e professores, incorporam-se à sua vida, ao seu pensamento e aos seus sentimentos, transformando-se, conforme denominou Marx, em “órgãos da individualidade”.

 

Informação adicional

Peso 0.290 kg
Dimensões 23 × 16 × 1 cm
parcelas

sinopse

indice

Informações do Autor

Nº de Páginas

Nº da Edição

,

quantidade

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.