Corpo, comunicação e cultura: a dança contemporânea em cena

R$59,00

ou em até 3x de R$19,67 sem juros.

Fenômeno de comunicação, manifestação de caráter urbano, a dança contemporânea sintetiza várias referências estéticas e sociais. Tendo o corpo como forma de expressão, reflete a cultura, o tempo e o espaço nos quais está inserida. Nesse contexto, o corpo é  locus  que cria e recria pensamentos, valores, ideais, conceitos e preconceitos, elemento que dá sentido ao espetáculo de dança como espaço estético e crítico e que é constantemente ressignificado por processos criativos, de formação, técnicas e influências. Corpo, comunicação e cultura: a dança contemporânea em cena  é resultado de pesquisa sobre o corpo na dança contemporânea carioca dos anos 1990, período em que, com apoio de políticas culturais públicas e privadas, bailarinos-coreógrafos fizeram deslanchar uma dança criativa, múltipla e fruto de diferentes visões de mundo.Partindo da comunicação não-verbal, o estudo se ocupa do corpo como elemento que produz sentido e se apresenta como poderoso meio para se pensar a cultura. Entendendo que um espetáculo nasce também de uma intenção comunicativa, a obra investiga a produção artística de cinco coreógrafos de referência nacional: João Saldanha, Marcia Milhazes, Deborah Colker, Paulo Caldas e Lia Rodrigues.

0 em estoque

REF: 85-7496-162-0 Categoria:

Descrição

Fenômeno de comunicação, manifestação de caráter urbano, a dança contemporânea sintetiza várias referências estéticas e sociais. Tendo o corpo como forma de expressão, reflete a cultura, o tempo e o espaço nos quais está inserida. Nesse contexto, o corpo é  locus  que cria e recria pensamentos, valores, ideais, conceitos e preconceitos, elemento que dá sentido ao espetáculo de dança como espaço estético e crítico e que é constantemente ressignificado por processos criativos, de formação, técnicas e influências. Corpo, comunicação e cultura: a dança contemporânea em cena  é resultado de pesquisa sobre o corpo na dança contemporânea carioca dos anos 1990, período em que, com apoio de políticas culturais públicas e privadas, bailarinos-coreógrafos fizeram deslanchar uma dança criativa, múltipla e fruto de diferentes visões de mundo.Partindo da comunicação não-verbal, o estudo se ocupa do corpo como elemento que produz sentido e se apresenta como poderoso meio para se pensar a cultura. Entendendo que um espetáculo nasce também de uma intenção comunicativa, a obra investiga a produção artística de cinco coreógrafos de referência nacional: João Saldanha, Marcia Milhazes, Deborah Colker, Paulo Caldas e Lia Rodrigues.

Informação adicional

parcelas

sinopse

indice

Informações do Autor

Nº de Páginas

Nº da Edição

Dimensões

Autora

Ficha Técnica

isbn

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Corpo, comunicação e cultura: a dança contemporânea em cena”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *