A educação do deficiente no Brasil

R$57,00

ou em até 3x de R$19,00 sem juros.

ntesos pais ricos enviavam suas crianças para estudar em Portugal ou na França.Somente quando o segmento das classes dominantes sentiu necessidade da educaçãoaqui no Brasil e, principalmente a educação especial, é que começou amobilização. E havia muito a ser feito.

68 em estoque

REF: 978-85-7496-102-6 Categoria:

Descrição

 

3ª EDIÇÃO REVISTA E EM NOVO FORMATO 16 x 23 cm

 

Antesos pais ricos enviavam suas crianças para estudar em Portugal ou na França.Somente quando o segmento das classes dominantes sentiu necessidade da educaçãoaqui no Brasil e, principalmente a educação especial, é que começou amobilização. E havia muito a ser feito.

Todoo percurso histórico, os debates e as sugestões de uma especialista no assunto, é tratado no livro A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios aoinício do século XXI, de Gilberta Jannuzzi. Nas palavras da autora:”Tento descrever e interpretar de forma sintética como se organizou aeducação escolar, formal, intencional, com o fim de ministrar alguma instruçãoque permitisse a este alunado, com limitações físicas, fisiológicas,intelectivas, mas sem doença mental, viver numa organização social como anossa”.

Olivro é formado por três capítulos, nos dois primeiros Gilberta resgata ahistória das tentativas de institucionalização e de escolarização da educaçãoespecial, bem como as vertentes pedagógicas que surgiam para a educação dosurdo, do mudo, do deficiente físico de modo geral, além de abordar odeficiente mental.

Noúltimo capítulo, a autora dá um panorama geral da educação especial nacontemporaneidade, o que possibilita à obra ter o aspecto histórico e também asrecentes discussões que devem ser colocadas em pauta para a divulgação dos trabalhoscom alunos deficientes.

Alémda parte pedagógica, o livro pode interessar o público em geral, pois trazelementos reflexivos sobre o assunto relacionado à política e traz dadosinteressantes, números que apontam, por exemplo, a quantidade de profissionaiscapacitados para a educação especial entre outras tabelas. E há de se notarque, apesar da deficiência, as crianças possuem o mesmo potencial cognitivopara aprender e assimilar os conhecimentos ensinados nas escolas.

Informação adicional

Peso 0.29 kg
parcelas

sinopse

indice

Informações do Autor

Nº de Páginas

Nº da Edição

Dimensões

Autora

Ficha Técnica

isbn

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A educação do deficiente no Brasil”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *