46 de 47 produtos cadastrados na categoria Memória da educação

Próximo »  

Trabalho e educação profissional nas décadas de 1930 e 1940 no Brasil

Trabalho e educação profissional nas décadas de 1930 e 1940 no Brasil

Autor: Eraldo Leme Batista


R$65,00







Nº da Edição: 1ª edição (2015)

Nº de Páginas: 288

Isbn: 978-85-7496-351-8

Dimensões: 16x23 cm



Disponibilidade: Em estoque


Dúvidas ?
 
 


Digite seu cep para calcular a estimativa do frete.

Formas de pagamento:

 

R$65,00

Parcele em até 3x sem juros
1x de R$65,00
2x de R$32,50
3x de R$21,67


 

Este livro trata de um período e de um tema cruciais para o entendimento do Brasil atual. O período abrange as décadas de 1930 e 1940 quando, sob o impulso da Revolução de 1930, foram construídas as bases do Brasil moderno. E o tema é a racionalização do trabalho com a criação do Idort (Instituto de Organização Racional do Trabalho), em 1931, importante ponto de apoio para a instituição do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), integrante do chamado “Sistema S”, ampla rede de formação profissional existente ainda hoje no país. E o próprio Idort permanece em plena atividade, constituindo-se como o principal parceiro do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) no que se refere à formação e à capacitação de instrutores e consultores no âmbito do hoje tão decantado empreendedorismo. Explorando a documentação pertinente, com destaque para a Revista Idort, Eraldo efetuou uma consistente crítica a esse verdadeiro partido ideológico da burguesia industrial utilizado para aplicar e disseminar no Brasil os postulados tayloristas como forma de disciplinar a classe trabalhadora e aumentar sua produtividade. Trata-se, pois, de uma obra de leitura imprescindível para se compreender, em suas raízes, o fenômeno da dominação burguesa que vem estendendo seus tentáculos a toda a vida da nação, em especial no campo educativo.

 

Dermeval Saviani
Professor emérito da Unicamp


Lista de siglas

Prefácio
José Luís Sanfelice 

Introdução

Capítulo 1: Contextualizando o período histórico no Brasil (1930-1940)

- O Idort

- O controle fora do chão de fábrica

- A burguesia organiza-se

- A luta pela hegemonia: a resistência operária 

- O movimento contra operários e comunistas

- A luta pela hegemonia nos anos de 1920 e 1930: os comunistas 

- A luta pela hegemonia: a extrema direita em cena – os integralistas

Capítulo 2: Os pioneiros da racionalização do trabalho no Brasil: análise da revista Idort 

- O taylorismo e sua influência na indústria brasileira

- O processo de constituição do Idort 

- O projeto Idort

- A Revista Idort 

- O funcionamento do Idort

- O tempo na produção

- A defesa da racionalização 

- A Jornada contra o Desperdício

Capítulo 3: Educação profissional no Brasil: análise dos anos de 1930 e 1940

- Considerações sobre os anos de 1930 e 1940

- A influência do Idort na educação profissional no Brasil

- A gênese do trabalho de aprendizes 

- A exploração do trabalho e a resistência dos trabalhadores ferroviários

- A Escola de Formação Ferroviária Sorocabana

- O Centro Ferroviário de Ensino e Seleção Profissional

- O Senai

Considerações finais

Referências

- Fontes documentais.

- Sites

- Arquivos visitados

Sobre o autor


Eraldo Leme Batista é doutor e mestre em educação pela Faculdade de Educação da Unicamp. Graduado em ciências sociais pela PUC-Campinas e em pedagogia pela Uninove. Vinculado ao grupo de estudos e pesquisas HISTEDBR. Docente do Colegiado de Pedagogia Ceca da Unioeste.


Editora Autores Associados

Autor: Eraldo Leme Batista

ISBN: 978-85-7496-351-8

Edição: 1ª edição (2015)

Número de páginas: 288

Formato: 16x23 cm

Peso: 0,400g

Dúvidas?

Mandar uma dúvida

Nenhuma dúvida cadastrada.


Mandar sua dúvida

* Campos Obrigatórios

 
    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$65,00
2 x R$32,50
3 x R$21,67
   

Desenvolvido por Lógica Digital Lógica Digital