127 de 150 produtos cadastrados na categoria Educação contemporânea

Próximo »  

Frieza Burguesa e Educação: a frieza como mal-estar moral da cultura burguesa na educação

Frieza Burguesa e Educação: a frieza como mal-estar moral da cultura burguesa na educação

Autor: Andreas Gruschka


De R$89,00

Por R$10,00







Nº da Edição: 1ª Edição (2014)

Nº de Páginas: 448

Isbn: 978-85-7496-329-7

Dimensões: 16x23cm



Disponibilidade: Em estoque


Dúvidas ?
 
 


Calcular frete:

Formas de pagamento:

 

De R$89,00

Por R$10,00

Parcele em até 3x sem juros
1x de R$10,00
2x de R$5,00
3x de R$3,33


 

Este livro foi escrito nos anos de 1992 e 1993 (publicado com o título Bürgerliche Kälte und Pädagogik, ed. Büchse der Pandora, 1994), época em que Andreas Gruschka foi membro de um grupo de estudos avançados sobre reformas da educação, sediado em Berlim. Nele o autor pretende esclarecer como a pedagogia nega, historicamente, a discrepância entre sua aspiração e seus resultados, de tal maneira que a prática não é contestada. Nas pesquisas que apresenta neste livro, Gruschka mostra como a frieza burguesa, que em geral é eficiente na sociedade, repercute na pedagogia e quão forte a idealização da prática errada contribui para que os educadores não tomem consciência da frieza produzida na educação.


Prefácio: Apresentação à edição brasileira

Andreas Gruschka 

Apresentação: Na educação escolar a frieza concretiza-se de forma especial

Bruno Pucci

Introdução: O interesse pela pesquisa da frieza burguesa na pedagogia e na sociedade

1. A receptividade para a crítica à frieza

2. “Função e valor” da moral

3. Resgate projetivo da moral na pedagogia      

4. Dialética do Iluminismo na pedagogia

5. Política da educação moral e ciência da educação

6. O conhecimento da contradição 

Parte I: Frieza burguesa e sociedade

1. Sobre a história antecedente: “O coração frio” – um estudo insuficiente da frieza

2. Frieza, o mal-estar moral da cultura na teoria crítica da sociedade

3. O exterior estrutural da frieza: uma explicação categorizada das bases materiais para a frieza na sociedade burguesa

4. O interior social-psicológico da frieza: complementações fenomenológicas com respeito à dimensão subjetiva da frieza

4.1. Frieza – uma emoção social

4.2. Frieza como categoria moral e como forma de reação à diferença entre aspiração e realidade

4.3. Frieza e sua primeira antítese: a atitude acalorada

4.4. Frieza e sua segunda antítese: a atitude calorosa

Parte II: Pedagogia e frieza

Observações preliminares

1. Funções e postulados da educação pública

2. Teoria e prática na pedagogia

2.1. Ser versus dever ser: uma contradição?      

2.1.1. A possibilidade de reconstruir as contradições

2.1.2. Ser e dever ser na perspectiva da prática

3. Conceitos da pedagogia e sua fundação ética

3.1. Um modelo literário do trato com a contradição: a educação de Mogli na selva

3.2. Um programa pedagógico do trato com a contradição: dez mandamentos

3.2.1. Ética pedagógica

3.2.2. Catálogo de Leonhard Froese

3.2.3. Decálogo de Hartmut von Hentig

4. Prática pedagógica: casos de frieza estudados

4.1. Sobre a dialética da justiça

4.2. Sobre a dialética da formação geral

4.3. Sobre a dialética da solidariedade

4.4. Sobre a dialética da emancipação

4.5. Observações metodológicas finais sobre os procedimentos,  conteúdos e resultados dos estudos da frieza

5. Considerações sobre a ontogênese da frieza

6. Observações finais sobre a gênese e transformação da frieza burguesa na história da pedagogia

6.1. Três problemas

6.2. História e avaliação das práticas de punição

6.3. Transformação e consciência da frieza

6.4. Implicações políticas da frieza e seu contexto

Referências

Agradecimentos

Sobre o autor

Sobre os tradutores


Andreas Gruschka é professor titular da Universidade de Frankfurt desde 2001, onde atua no Instituto de Educação, no Departamento de Formação de professores para a escola secundária. Preside também a fundação Instituto de Pedagogia e Sociedade de Münster, considerado uma instituição fomentadora da geração jovem das ciências da educação, que tem como meta desenvolver uma teoria crítica da pedagogia.

 


Editora Autores Associados

Autor: Andreas Gruschka

Tradutores: Erika Hansen Gonçalves; Rita Amélia Teixeira Vilela; Maj-Lis Strunk; Antônio A. S. Zuin

ISBN: 978-85-7496-329-7

Edição: 1ª edição (2014)

Número de páginas: 448

Tradução: Alemão para Português

Formato: 16x23cm

Peso: 0,650g

Dúvidas?

Mandar uma dúvida

Nenhuma dúvida cadastrada.


Mandar sua dúvida

* Campos Obrigatórios

 
    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$10,00
2 x R$5,00
3 x R$3,33
   

Desenvolvido por Lógica Digital Lógica Digital