Assinaturas

assi

Cadernos de Pesquisa, periódico da Fundação Carlos Chagas, instituição considerada centro de excelência em pesquisa educacional, foi criado em 1971, tendo como principal objetivo divulgar a produção acadêmica direta ou indiretamente relacionada com a educação, publicando trabalhos inovadores, relativos a pesquisas, ensaios e outras modalidades de textos. A revista trata da educação de forma ampla, agregando à temática escolar estudos que abordam, de forma interdisciplinar, questões relacionadas a gênero, relações raciais, infância, juventude, escola, trabalho, família, políticas sociais. Os enfoques também são abrangentes e envolvem as diferentes áreas de conhecimento das ciências humanas, em perspectivas teóricas e metodológicas diversas, propiciando a troca de informações e o debate sobre as principais questões nesses campos.
Sua prioridade é a publicação de pesquisas de caráter empírico, histórico e/ou documental, sobretudo as realizadas no país, abrindo espaço, também, às provenientes do exterior. Acolhe também ensaios relativos a contribuições teórico-metodológicas e torna acessíveis ao leitor brasileiro textos de autores internacionais reconhecidos, que possam referenciar estudos na área, traduzidos para o português, ou em língua espanhola. Na seção Tema em Destaque, publica dossiês sobre questões relevantes e/ou emergentes. Em Outros Temas, apresenta artigos selecionados. Conta ainda com as seções: Temas em Debate, sobre questões polêmicas; Espaço Plural, que acolhe entrevistas, relatos de experiência, documentos de valor acadêmico e histórico e declarações públicas de entidades; e Resenhas.
Trimestral até 1996, tornou-se um periódico quadrimestral a partir de 1997, voltando a ser trimestral em 2014. Entre 1979 e 1998 a publicação passou a ser coeditada pela Cortez Editora e, desde 1999, pela Editora Autores Associados. Às editoras comerciais têm cabido a comercialização e divulgação do periódico.

 

 

 


 

É uma publicação da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd).
A Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), criada em 1978, é uma sociedade civil sem fins lucrativos que reúne sócios institucionais (os Programas de Pós-Graduação em Educação) e sócios individuais (professores, pesquisadores e estudantes de pós-graduação em Educação), sendo sua finalidade o fortalecimento da pós-graduação e da pesquisa na área da Educação no Brasil e no conjunto de países com os quais interage.

Ao longo da sua existência, a Associação vem ocupando um importante lugar no cenário nacional e internacional, em virtude da relevante produção científica de seus membros e da atuação política em defesa dos objetivos maiores da educação brasileira. A ANPEd estrutura-se por meio de 23 grupos de trabalho e do Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação (FORPRED).
A Revista Brasileira de Educação, periódico da ANPEd, é voltada à publicação de artigos acadêmicos-científicos, visando a fomentar e facilitar o intercâmbio acadêmico no âmbito nacional e internacional. Em consonância com a lógica da Associaçao, dirige-se a professores e pesquisadores, assim como a estudantes de graduação e pós-graduação das áreas das ciências sociais e humanas. 


 

Contato para solicitação de proposta de assinatura:

Telefone: (19) 3789-9007

E-mail: assinaturas@autoresassociados.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 

Desenvolvido por Lógica Digital Lógica Digital