27 de 38 produtos cadastrados na categoria Armazém do Ipê

Próximo »  

Poder Político e Resistência Cultural

Poder Político e Resistência Cultural

Autor: Evaldo Vieira


De R$43,00

Por R$10,00







Nº da Edição: 1ª Edição (1998)

Nº de Páginas: 140

Isbn: 85-85701-61-7

Dimensões: 14x21 cm



Disponibilidade: Em estoque


Dúvidas ?
 
 


Calcular frete:

Formas de pagamento:

 

De R$43,00

Por R$10,00

Parcele em até 1x sem juros
1x de R$10,00


 

Este livro trata da ação cultural e da vida cultural, especialmente em suas relações com o poder. O livro não se refere a qualquer poder, mas ao poder arbitrário, àquele poder sem limites. Os produtos do arbítrio surgem no exame dos Conselhos de Estado Napoleônico e Imperial Brasileiro, e, ainda, no ensaio sobre Weber e o Direito, partindo de posições distintas. Mais do que o conhecimento e análise, este livro traz ao leitor um projeto de educação cultural, não a gosto de "educação sentimental" de Flaubert, embora se lembre dela.
Aqui a ação cultural se expressa nas formas de resistência cultural, de elaboração cultural e de produção cultural. Em certas condições e em certos momentos, as artes e literaturas, a história e a educação, algumas atividades de desobediência, por exemplo, ganham também a dimensão de resistir culturamente. É o que mostram os capítulos contidos no livro, relativos à literatura, à tolerância e a Tolstoi. Por outro lado, o poder arbitrário constrói estruturas mentais bastante consistentes, que são concepções de mundo assentadas na desigualdade, na imutabilidade humana e na vontade idealizada. Tais elaborações culturais, socialmente determinadas, dogmáticas e previsíveis, acham-se representadas no livro, por meio de substancioso ensaio sobre o conservadorismo. O arbítrio não gera apenas concepções de mundo. Ele igualmente edifica castelos bem concretos, materialmente robustos, mesmo assim despedaçados pelo tempo e pelo caráter corrosivo dos conflitos.


Breve introdução

Capítulo um: Literatura e Liberdade de Expressão

- Liberdade de expressão e totalitarismo

- Liberdade de expressão e autoritarismo

- Referências bibliográficas

Capítulo dois: Tolstoi sob Suspeita

- O artista transfigurado em profeta

Capítulo três: O Conservadorismo: três Momentos

- O conservadorismo

- Primeiro momento: Edmund Burke

- Segundo momento: John Adams

- Terceiro momento: Jackson de Figueiredo

- Referências bibliográficas

Capítulo quatro: O Conselho de Estado Napoleônico e o Conselho do Estado Imperial Brasileiro

- Introdução

- Napoleão Bonaparte

- Os imperadores brasileiros

- O conselho de Estado

- A organização e as atribuições

- Conclusões

- Referências bibliográficas

Capítulo cinco: Sociologia de Max Weber: a racionalização formal e material do direito

- Irracionalidade e racionalização

- Irracionalidade e racionalidade no direito

- Racionalização, generalização, sistematização no direito 

- Justiça

- Tipos ideias e evolução do direito

- Direito e vida social

- Direito acro e racionalização material

- Direito islâmico

- Direito judeu

- Direito canônico

- Comentários

- Referencias bibliográficas


Evaldo Vieira é professor titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Foi professor titular da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SO). Escreveu inúmeros artigos e resenhas em jornais e revistas. 


Editora Autores Associados

Autor: Evaldo Vieira

ISBN: 85-85701-61-7

Edição: 1ª edição (1998)

Número de páginas: 140

Formato: 14x21 cm

Peso: 0,190g

Dúvidas?

Mandar uma dúvida

Nenhuma dúvida cadastrada.


Mandar sua dúvida

* Campos Obrigatórios

 
    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$10,00
   

Desenvolvido por Lógica Digital Lógica Digital