23 de 37 produtos cadastrados na categoria Armazém do Ipê

Próximo »  

O voo da arara-azul

O voo da arara-azul

Autor: Carlos Rodrigues Brandão


De R$46,00

Por R$10,00







Nº da Edição: 1ª Edição (2007)

Nº de Páginas: 198

Isbn: 978-85-62019-00-5

Dimensões: 16x23 cm



Disponibilidade: Em estoque


Dúvidas ?
 
 


Calcular frete:

Formas de pagamento:

 

De R$46,00

Por R$10,00

Parcele em até 1x sem juros
1x de R$10,00


 

Como é que eu vivi e sigo vivendo a minha vida em minhas relações com os seres vivos com que interajo, com a natureza de que sou parte e em que vivo? Ao longo de meus anos, algo se transformou em minhas maneiras de sentir, pensar e viver isto a que damos o nome de meio ambiente? (...) Outros capítulos de O vôo da arara-azul percorrem trilhas que vão da antropologia à ecologia. Como? Eles procuram pensar quem é este estranho ser que a si mesmo deu o nome de Homo sapiens  a partir de algumas diferenças entre nós e outros seres da vida. O que há em nós, em nossa natureza, que nos impele a gestos tão intensos de amor, de solidariedade, de reciprocidade? O que há em nós que nos leva ora a guerras tão absurdas, a um mundo que ingressa em seu "terceiro milênio" (pelo menos para ocidentais e cristãos) ainda tão dividido, tão expropriador, tão pragmaticamente utilitário, tão injusto para com tantas pessoas e tão ameaçador para com toda a vida na Terra? (...) Quando o último capítulo deste livro foi escrito, alguns anos atrás, havia ainda uma última livre, voando entre árvores das margens do Rio São Francisco. Hoje nem sei mais se ela está lá viva e livre. Existem várias, aprisionadas um dia, vendidas a alto preço, levadas para longe, presas em viveiros como um símbolo ainda vivo e azul do que podemos fazer quando achamos que um pouco de ilusória alegria a mais em nossas vidas vale a liberdade e a felicidade de outros seres. Seres da vida, como nós.


1. Em nosso nome, em nome da vida
2. Entre sanhaços, sagüis e sabiás – uma pequena autobiografia natural
3. Nós, seres humanos, seres da vida, seres da cultura
4. Viver um tempo, habitar um lugar
5. Conviver um tempo, partilhar um lugar
6. Tornar verde, tornar vivo, tornar sustentável
7. A mão e a mente – a natureza da cultura
8. Viver, criar, conviver
9. A arara de todos
10. Viver em paz – um pequeno ideário
11. Indicações bibliográficas
12. Sobre o autor



Nascido em 1940, viveu em Goiás entre 1967 e 1975, trabalhando como professor universitário. Mestre em antropologia social pela Universidade de Brasília (UnB), doutor em ciências sociais pela Universidade de São Paulo (USP) e livre-docente pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ao longo de sua vida, entre períodos de alguns meses ou de vários anos, lecionou em 12 universidades do Brasil e da Europa. Trabalha atualmente no doutorado em ambiente e sociedade na Unicamp e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás (UFG). Desde 1963 trabalha como educador popular. É autor de vários livros nas áreas de antropologia social, educação, questões ambientais e literatura. Há mais de 15 anos dedica-se ativamente ao ambientalismo e, de maneira especial, à educação ambiental. Recentemente escreveu para o Programa dos Municípios Educadores Sustentáveis, do Ministério do Meio Ambiente, um livro com as idéias essenciais da proposta: Aqui é onde eu moro. Aqui nós vivemos e As flores de abril.


Editora Autores Associados

Autor: Carlos Rodrigues Brandão

ISBN: 978-85-62019-00-5

Edição: 1ª edição (2007)

Número de páginas: 198

Formato: 16x23 cm

Peso: 0,320g

Dúvidas?

Mandar uma dúvida

Nenhuma dúvida cadastrada.


Mandar sua dúvida

* Campos Obrigatórios

 
    • Aguarde o carregamento ... Carregando...
Cálculos das Parcelas
1 x R$10,00
   

Desenvolvido por Lógica Digital Lógica Digital